«

»

SuperColecionador – Como consertar uma capa

  Então você comprou uma história em quadrinhos encadernada e a brochura soltou a capa? Ou você havia tinha este volume guardado a tanto tempo que a cola enfraqueceu e separou os cadernos? Isso é muito mais comum do que se pensa e eu já passei por várias dessas. Nada tema, nesta segunda edição de SuperColecionador eu ensinarei a vocês como dar um jeito nesse problema.


Antes de mais nada, vale comentar aqui sobre seus direitos garantidos no CDC (Código de Defesa do Consumidor). Caso você tenha acabado de chegar de uma banca ou comic shop e tirado seu encadernado do plástico e descoberto algum defeito de fabricação, você tem o direito de voltar lá e requisitar a troca imediata do produto no prazo (sugerido) de até 30 dias da compra, devidamente munido da nota fiscal. Como revistas impressas são considerados bens não-duráveis e possuem um valor relativamente baixo, a não ser que o estabelecimento seja comandado por um verdadeiro corno sem-mãe, a troca deve ser realizada sem nenhum problema, desde que você possua nota fiscal ou algum comprovante de compra.

Porém, este nem sempre é o caso. Compras realizadas em feiras promocionais geralmente não permitem trocas, e alguns estabelecimentos, como sebos, podem não oferecer notas fiscais ou, mais comum, podem não possuir cópias da revista para reposição. Neste caso, vamos lá:

Material Necessário

Além do volume defeituoso, você vai precisar de:

  • Cola branca ou plástica. Não use Super Bonder ou colas instântaneas similares, pois estas são abrasivas e corroem o papel.
  • Duas réguas comuns de plástico, ou palitos de picolé.
  • Grampos removíveis, dois ou mais, com abertura suficiente para "abraçar" a grossura do encadernado.
  • Estile (Opcional).

Agora veja o vídeo abaixo para o tutorial:

 

Mais algumas dicas:

  • Tome cuidado ao remover a cola antiga. Se ficar muito difícil remover a cola e isso puder danificar os cadernos, é melhor deixar como está.
  • Se a capa estiver apenas parcialmente solta, é melhor soltá-la inteira e depois consertar do que tentar remendar pela metade.
  • Não use cola quente, nem tente secar a cola com secador de cabelo, ferro de passar ou qualquer coisa a qual produza calor, pois isso pode empenar as páginas e/ou criar bolhas e estragar seu gibi.
  • Não use fita adesiva para segurar a capa, pois a cola da fita adesiva "contamina" o papel com o tempo e deixa uma mancha irremovível.
  • O tempo de secagem da cola varia MUITO, dependendo do tipo usada. Leia as instruções do produto.

Sobre o autor

Matheus Vale

Matheus Vale, o “HQ-Man”, é quadrinhologista, arqueocomicólogo e teórico da Nona Arte, e dedica um tempo absurdo com essas bobagens, porque ama todos esses universos.

18 comentários

1 menção

Pular para o formulário de comentário

  1. Nane Ulsan

    Adorei esse video, primeiro porque é bem didático e uma ótima dica. Em segundo por causa dos efeitos sonoros e do balãozinho. hahahahaha
    Trilha sonora muito boa também!

  2. David Nery

    Matheus, parabéns pela iniciativa! Continue fazendo esses vídeos, pois, com certeza, irão ajudar muitos colecionadores de quadrinhos, assim como eu, a preservar suas coleções.

    Parabéns e continue o excelente trabalho! Sucesso pra você!

    1. Matheus Vale

      Obrigado pela força, brother!

  3. Bob Nerd

    Muito legal! Obrigado mesmo, essa dica é muito boa. Estava precisando disso.

    1. Matheus Vale

      Obrigado e seja bem-vindo!

  4. Apenas Um Peregrino

    Show de bola… e é super legal quando esses "grampos" voam direto na sua cara 😀

    1. Matheus Vale

      Ou no gato, nesse caso… XD

  5. Fallen Rose

    Segui exatamente o vídeo, mas não deu certo… fez o maior cocô e não colou nada 🙁

    1. Matheus Vale

      Uau, é a primeira vez q alguém diz isso. Qual revista vc tentou? Tinha alguma coisa nela muito diferente do exemplo do vídeo?

      1. Fallen Rose

        A revista é Bela Assassina, que a Devir lançou em 2003. Fiz tudo certinho, segui o vídeo direitinho, mas não deu  🙁

        1. MARDEM MOURA

          Creio que pode ter sido a cola. Provavelmente era de uma qualidade inferior a que o Matheus usou no vídeo. Pode ter sido isso né?

  6. VInicius

    Bom video preciso arumar a primeira edição do Mortos Vivos (walking dead)
     

  7. Carlos Massa

    Muito obrigado, gosto muito de suas postagens e, pricipalmente, de seus videos. Continue com o bom trabalho =D

  8. Nilson

    Valeu demais pela dica! Tutorial valiosíssimo! Estou salvo! hehehe

  9. Victor

    Olá Matheus, preciso de sua ajuda. Meu mix do Universo DC #8 está com problemas, acredito que a custura esteja rasgando as páginas, o que eu faço?

    Obrigado!!

  10. matheus emanuel

    OBRIGADO EU RASQUEI MEU GIBI SEM QUERER VOU TENTAR FAZER ISSO AI QUE VC FALOU EU RASQUEI O MEU ULTIMATE MARVEL 50

  11. Saymond

    Valeu amigo vc salvou minha hq favorita muito bom o video!!!

  12. Tiago

    Boom dia,
    Muito bacana, faço algo parecido com os lombadas quadrada. O que eu sinto muita falta é de algum video ou informação para o conserto de gibis lombada canoa, grampos, rasgam muito facilmente, sei que o durex com o tempo estraga mais ainda, porém existe agora a fita magica e a fita invisível, porém não achei nada fazendo referencia. Devido a oxidação, eu faço a retirada de todos os grampos, e na maioria quando estão oxidados, já possuem rasgos principalmente onde estavam os grampos. a fita magica ou a invisível seria adequada para fazer essa restauração ? Sabe me dizer algo ? Abraço

  1. Como consertar uma capa | Notícias | O Nerd Escritor

    […] Antes de mais nada, vale comentar aqui sobre seus direitos garantidos no CDC (Código de Defesa do Consumidor). Caso você tenha acabado de chegar de uma banca ou comic shop e tirado seu encadernado do plástico e descoberto algum defeito de fabricação, você tem o direito de voltar lá e requisitar a troca imediata do produto no prazo (sugerido) de até 30 dias da compra, devidamente munido da nota fiscal. Como revistas impressas são considerados bens não-duráveis e possuem um valor relativamente baixo, a não ser que o estabelecimento seja comandado por um verdadeiro corno sem-mãe, a troca deve ser realizada sem nenhum problema, desde que você possua nota fiscal ou algum comprovante de compra. [via SuperColecionador] […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *