«

»

Dois Milhões de Dólares em quadrinhos abandonados em guarda-roupa!

Esses golpes de sorte nunca acontecem comigo!

Um homem no estado norte-americano da Virginia encontrou, dentro de um guarda-roupas velho herdado de seu tio-avô, 345 revistas em quadrinhos da Era de Ouro! Entre essas edições, estavam alguns dos títulos mais valiosos do mundo, campeões de lances em leilões. Estima-se o valor aproximado da coleção toda em cerca de DOIS MILHÕES DE DÓLARES.

De acordo com o site Bleeding Cool, Uma Action Comics #1, Decective Comics #27, Captain America #2, All American Comics #16, Batman #1, Marvel Comics #1 e mais 45 edições variadas figuram na lista de edições mais colecionáveis das histórias em quadrinhos. As condições variam, desde 3.0 para a Action Comics até 8.5 para a Batman, de acordo com a avaliadora CGC.

A "Coleção Billy Wright" (nome do dono original) será colocada a leilão a partir de hoje nos Estados Unidos.

Quem sabe daqui a uns 40, 50 anos, minha coleção não vai valer uma nota também? Estou apostando que a transição do papel para o digital vai garantir que no futuro, revistas impressas se tornem itens raros de colecionador.

Sobre o autor

Matheus Vale

Matheus Vale, o “HQ-Man”, é quadrinhologista, arqueocomicólogo e teórico da Nona Arte, e dedica um tempo absurdo com essas bobagens, porque ama todos esses universos.

5 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Dheyrdre

    Eu torço muito para o "formato papel" não acabar. Na minha opinião se tudo agora for digital, as hqs não terão mais nenhum valor para o colecionador. E a pergunta qu eeu faço, se pararem de fazer hq impressa será que alguém autografa meu tablet? Não gosto da digitalização quadrinistica.

    1. Matheus Vale

      Eu creio que seja inevitável. A medida que a tecnologia se desenvolver e as pressões para diminuir o consumo de papel, edições impressas vão ficar tão caras a ponto de não compensar mais fábricá-las, entre outros fatores (por exemplo o tempo que leva para as editoras nacionais lançarem aqui. Ninguém quer mais esperar um ano para a Panini soltar uma história). Eu prevejo que os fascículos mensais vão sumir 1º, deixando só as encadernações impressas, mas até elas podem sumir com o devido tempo.

      Aí eu vendo toda minha coleção impressa, fico rico e compro um terreno em Marte.

  2. Dheyrdre

    Eu não espero a Panini, eu importo minhas hqs e todas são edições encadernadas. Além de não ser certeza da Panini publicar o que vc quer, quando publica o espaço é dividido com histórias que vc não quer e o papel é de péssima qualidade!
    Mas vc acha que se as edições impressas acabam ou apenas vão diminuir o número de impressões?

    1. Matheus Vale

      Eu realmente acredito que podem acabar, mas isso vai demorar. Talvez mais uns 30 anos.

      1. Dheyrdre

        Ah, então não preciso me preocupar por agora =D
        Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *